The Last of Us: Part 2 terá abordagem sobre o “impacto da violência”

The Last of Us: Part 2, que será lançado no dia 29 de maio de 2020 (para o PS4), já deu muitas provas de que será um jogo um tanto quanto diferenciado. O game terá algumas mecânicas bem inovadoras, mas sua história também vai abordar assuntos importantes… Nesse sentido, a entrevista concedida por uma das principais roteiristas do game, Halley Gross, aponta que os assuntos serão bem “pesados”.

Segundo o relato da roteirista, The Last of Us: Part 2 vai ter uma interessante abordagem sobre o impacto da violência no psicológico de um ser humano. As ações brutais irão afetar o personagem, levantando uma questão bastante séria e promovendo profundas reflexões.

“Esta é uma história sobre ciclo de violência. Mas, além disso, é também um diálogo sobre os efeitos de um trauma que pode repercutir na própria alma. Quando você mata alguns dos NPCs, os companheiros deles continuarão a gritar pelo nome [dos mortos] e o jogador vai precisar carregar todo o impacto da violência consigo”.

Resumindo, de certo modo, The Last of Us: Part 2 vai promover um exercício de empatia, colocando os jogadores em meio a situações extremas e fazendo-os repensar suas ações. Mais um ponto para esse game tão aguardado!

Yohan Bravo