Persona 5 Royal é editado para suprimir diálogo homofóbico

Persona 5 Royal, o aclamado game da Atlus, está previsto para ser lançado no dia 31 de março de 2020. Segundo algumas informações, o game está passando por diversos ajustes e quem já testou a aventura afirmou que a experiência será imperdível, até mesmo para quem jogou o game original. Enfim, dentre os ajustes que o game vai receber, um chamou grande atenção da comunidade gamer.

No Persona 5 original, havia uma passagem na qual o personagem Ryuji era assediado por um casal homossexual. Por conta do assédio, o casal recebeu um tratamento “agressivo” por parte dos heróis da trama e, na época, a comunidade do game classificou os comentários como homofóbicos.

Diante dessa história, a Atlus resolveu fazer edições em Persona 5 Royal. Conforme explica Yu Namba, gerente do projeto, os diálogos foram ajustados para evitar qualquer tipo de desconforto por parte da comunidade. Além disso, Namba afirmou que fez muitas pesquisas para verificar se os ajustes não teriam impactos negativos no evento (in-game) e na comunidade.

“Nós estamos bem felizes com o resultado. Não é uma mudança significante, mas eu acho que é significativa o suficiente para as pessoas que não se sentiram confortáveis ao passar por aquela parte em Persona 5 para que elas se sintam melhores dessa vez”, disse o gerente.

Bem, mais uma vez a Atlus demonstra sua preocupação com os consumidores. A empresa está sempre ouvindo opiniões e, claro, é esse carinho que fez com que a desenvolvedora se tornasse uma das mais amadas nos últimos anos.

Yohan Bravo