fbpx

Melhores Jogos de Nintendo DS: Clássicos Portáteis!

O Nintendo DS é o segundo console mais vendido de toda história, ficando atrás apenas do PS2. Por isso, não é exagero algum dizer que os Melhores Jogos de Nintendo DS acabam se tornando também alguns dos melhores jogos da história dos games.

O portátil da Nintendo foi lançado em 2004 e chamou atenção com sua tela dupla e suas peculiaridades impressionantes. Quem teve um desses consoles sabe muito bem que as aventuras que brilharam nas duas telas foram incríveis.

E sim, foi pensando em lhe apresentar um pouco desse brilhantismo que eu resolvi criar esta lista com os Melhores Jogos de Nintendo DS. Isto é, se você quer conhecer ou relembrar as pérolas desse “pequeno notável”, não deixe de acompanhar até o fim…

Melhores Jogos de Nintendo DS: como a lista foi formada…

Antes de começar a citar os jogos da lista, permita-me explicar o raciocínio utilizado para selecionar os melhores jogos de Nintendo DS.

Bem, como eu tenho um Nintendo DS e jogo até hoje, conheço muitos jogos do console (muitos mesmo!). Por conta disso, muitos títulos presentes nesta lista foram selecionados com base na minha experiência pessoal.

De todo modo, para deixar as coisas mais democráticas, varri a internet em busca dos títulos favoritos da maior parte dos gamers. Com isso, acredito que a seleção ficou bem versátil.

Como sempre, peço que, se você sentir falta do seu título favorito, não deixe de citá-lo nos comentários, ok? Com as suas indicações, tenho certeza que a lista ficará ainda melhor. Posso contar com a sua ajuda? Obrigado! Agora, bora para a lista?

Pokémon Black & White

Abrindo esta lista com o “pé na porta”, temos Pokémon Black & White. Lançados em 2010, os games chegaram às mãos dos players em uma época na qual o Nintendo DS já estava começando a “perder o fôlego”.

Ainda assim, os jogos bateram muitos recordes de vendas e chamaram a atenção por levar os players para uma experiência tridimensional sem igual. Embora os gráficos tenham sido a maior inovação dos títulos, a aventura é digna de respeito.

Nas batalhas, que sempre foram o ponto alto da franquia, Pokémon Black & White conseguiram deixar as coisas mais dinâmicas, enfatizando os Pokémons nos momentos de maior ação. A trama também merece destaque, por sua “pegada mais madura”. Resumindo, os Pokémons não passaram pelo Nintendo DS sem deixar uma marca.

Advance Wars: Dual Strike

Para quem gosta de jogos de estratégia, Advance Wars: Dual Strike, que foi lançado em 2005, é um título obrigatório. O jogo é o terceiro título da franquia Advance Wars (conhecido como Famicom Wars, no Japão) e dá continuidade à história iniciada em seus antecessores.

Vencedor de muitos prêmios, Advance Wars: Dual Strike conseguiu encantar a crítica especializada e os players com seu gameplay altamente estratégico e sua trama bem desenvolvida.

Em quase todas as fases, o objetivo é derrotar o exército inimigo, mas isso é mais fácil de falar do que fazer. Apesar dos gráficos simples, esse é um daqueles jogos que prendem o player do início ao fim… vale a pena conferir.

The Legend of Zelda: Phantom Hourglass

Como você já deve ter percebido, é quase impossível criar uma lista com os Melhores Jogos de Nintendo DS sem incluir os “medalhões” da empresa japonesa. Nesse caso, um dos nomes mais importantes é The Legend of Zelda: Phantom Hourglass, o décimo quarto título dessa franquia lendária.

Lançado em 2007, The Legend of Zelda: Phantom Hourglass é uma sequência direta do game The Legend of Zelda: The Wind Waker (do GameCube) e apresenta uma jogabilidade tão boa que fez o game ser aclamado pelos especialistas.

Na parte visual, o game encanta com seus gráficos “fofinhos” e seu estilo artístico único. Em relação ao enredo, podemos dizer que esse é mais um belo capítulo de uma história que ajudou a construir o mundo dos RPGs. Que jogo lindo!

Jump Ultimate Stars

Muito antes de Jump Force surgir com a ideia de incluir os maiores heróis dos animes em um único game, Jump Ultimate Stars, lançado em 2005, já realizou essa façanha. E, sinceramente, de um modo extremamente divertido.

Seguindo uma linha 2D, com gráficos muito coloridos e bem desenhados, o game é uma aventura cheia de ação que inclui personagens de muitos animes famosos, como One Piece, Gintama, Dragon Ball, Naruto, Bleach, Yu Yu Hakusho e muitos outros.

As batalhas em Jump Ultimate Stars acontecem em cenários que remetem aos antigos jogos de plataforma, o que deixa tudo com um ar bem nostálgico. Em relação aos combates, a movimentação intensa e os golpes especiais são um destaque à parte. Para quem gosta de animes, esse jogo é um prato cheio.

Chrono Trigger

Se há um game que pode ser incluído em qualquer lista com os melhores jogos de qualquer console, esse game é Chrono Trigger. A aventura marcou seu nome na história em 1995, quando surgiu no Super Nintendo, mas versões posteriores, incluindo a versão do Nintendo DS, ajudaram a manter essa lenda viva.

A versão do jogo para o console portátil foi lançada em 2008 e foi marcada por ter sido a primeira versão na qual a Square resolveu mexer no conteúdo do título original. Diálogos foram alterados, minigames foram adicionados e, melhor ainda, um novo chefão foi incluído (ao derrotá-lo, é possível vislumbrar um final inédito).

Com tantas alterações, não é de se estranhar o fato de muita gente considerar o Chrono Trigger do Nintendo DS como a melhor versão de todas. Sim, pode ser uma questão de gosto, mas que a aventura é aproveitada em todo o seu potencial, isso é inegável.

Elite Beat Agents

Elite Beat Agents é um daqueles jogos tão loucos que a gente acaba se apaixonando por ele. Lançado em 2005, o jogo se apresenta como uma aventura musical, na qual, com a ajuda da “canetinha do DS”, os players devem tocar a tela no ritmo das canções.

Contando histórias loucas enquanto as músicas vão rolando, o game é altamente divertido. Curiosamente, embora Elite Beat Agents tenha sido muito elogiado pela crítica, o título acabou não sendo um sucesso de vendas. Por esse motivo, podemos dizer que é um jogo bem “underrated”.

Porém, para quem gosta de jogos musicais, esse jogo traz uma coletânea de hits impressionante. Deep Purple, Queen, Madonna, Rolling Stones, David Bowie… enfim, o jogo é um verdadeiro festival.

Castlevania: Portrait of Ruin

O Nintendo DS foi um console que recebeu uma boa série de títulos da lendária franquia Castlevania. Por algum motivo em especial, a Konami criou três games para o portátil e Castlevania: Portrait of Ruin foi um dos destaques.

O game foi lançado em 2006 e introduziu novos personagens nessa história que já tem muitos “anos de estrada”. Seguindo o padrão da série (jogos 2D, com elementos de plataforma e RPG), Castlevania: Portrait of Ruin apresenta uma trama muito envolvente, que se passa na época da Primeira Guerra Mundial.

Nesse jogo, temos o retorno do sistema de controle de dois personagens, que foi introduzido em Castlevania: Dawn of Sorrow (também do DS). Assim, o gameplay ganha algumas variações muito interessantes. Em síntese, o jogo é mais um título de respeito a figurar nesta lista com os Melhores Jogos de Nintendo DS.

Kirby Mass Attack

Mais uma vez, temos nesta lista um dos “medalhões da Nintendo”. Pois é! A amada bolinha rosa, conhecida como Kirby, não poderia ficar de fora, não é mesmo? Em Kirby Mass Attack, lançado em 2011, o herói é dividido em diversos pedaços e quase derrotado pelo vilão Necrodeus.

Com uma premissa simples, mas muito interessante, a aventura gira em torno do herói Kirby, que busca recuperar o próprio poder. E, claro, tudo acontece em cenários exuberantes e com opções de controle diferenciadas, graças à presença da “canetinha”.

Kirby Mass Attack segue uma linha própria de jogos de puzzle e plataforma e, mesmo não sendo o jogo mais difícil da história, apresenta alguns desafios bem curiosos. Esse é mais um título obrigatório do portátil da Nintendo.

The World Ends With You

Com um estilo artístico único e mecânicas inovadores, The World Ends With You é um título (até o momento) exclusivo do Nintendo DS. Lançado em 2007, o RPG da Square se tornou rapidamente um dos ícones do portátil, registrando números impressionantes, em termos de vendas.

The World Ends With You tem uma “pegada moderna”, com sua história tendo a cidade de Tóquio como plano de fundo. Apesar da beleza gráfica, a história é bem série e envolve sacrifícios, Ceifadores, conflitos internos e muito mais.

Usando a “canetinha” com maestria, o jogo foi um daqueles que conseguiram explorar o potencial do Nintendo DS ao máximo. Aliás, o game foi tão bem adaptado para o portátil que jamais foi visto em outro console (o que é uma pena).

Sands of Destruction

Em relação ao Nintendo DS, tem uma coisa que eu sempre costumo dizer: o console tratou muito bem os fãs de jogos de RPG. E essa é a mais pura verdade. Afinal, basta ver quantos jogos de RPG são citados nas listas com os melhores jogos de Nintendo DS.

Bem, nesse caso, resolvi citar Sands of Destruction, pois foi um dos RPGs mais interessantes que já joguei. O game não tem o melhor sistema de batalha, mas sua premissa, com um personagem principal cuja missão é destruir o mundo, consegue deixar qualquer um envolvido.

Sands of Destruction, lançado em 2008, tem um visual baseado em animes e personagens muito cativantes. O projeto foi concebido por grandes nomes da indústria, incluindo desenvolvedores de Xenogears, Chrono Cross e Grandia… preciso dizer algo mais? Esse jogo é mais um “underrated” que merecia ser mais conhecido.

New Super Mario Bros.

E se você achou que eu cometeria o sacrilégio de deixar o icônico Mario de fora desta lista com os melhores jogos de Nintendo DS, você se enganou. Como seria possível não citar o grandioso New Super Mario Bros.?

O game foi lançado em 2006 e foi o primeiro jogo de plataforma 2D desde Super Mario World (o clássico do Super Nintendo). Com novidades interessantes, belos gráficos e melhorias na jogabilidade, a aventura é mais uma das “obrigatoriedades” presentes nesta lista.

Como sempre, temos o vilão Bowser capturando a princesa Peach. Sim, aquela história que todos já conhecem. Porém, a execução é feita de forma excepcional, garantindo muitas horas de diversão. E New Super Mario Bros. ainda tem uma boa porção de minigames… é só aproveitar.

Tales of Innocence

Se você vem acompanhando os meus textos aqui na GamesMAX, já deve saber que sou um fã da franquia Tales of, da Bandai Namco. Por conta disso, eu sempre dou um jeito de incluir algum jogo da série nas listas. No caso desta lista com os melhores jogos de Nintendo DS, meu eleito foi Tales of Innocence (de 2007).

Quem gosta da franquia Tales of sabe muito bem que, infelizmente, alguns títulos da série jamais foram lançados para o Ocidente. Tales of Innocence é um dos títulos que ficou no Japão, mas, graças ao belo trabalho da equipe Absolute Zero, foi possível acompanhar a história do game… e que história!

Tales of Innocence traz um “approach” muito interessante em relação à temática das “vidas passadas”. Trabalhando com a ideia de reencarnações, o jogo coloca antigos inimigos lado a lado e surpreende o player de diversos modos, à medida que ele avança com a aventura. Sem dúvidas, um game imperdível!

The Legend of Zelda: Spirit Tracks

Assim como aconteceu com The Legend of Zelda: Phantom Hourglass (que já figurou nesta lista com os melhores jogos de Nintendo DS), The Legend of Zelda: Spirit Tracks, lançado em 2009, apresenta gráficos “fofinhos” e dotados de um belo estilo artístico.

Fazendo uso da “canetinha” de forma muito interessante, o jogo conseguiu encantar a todos com sua jogabilidade diferenciada. Os combates e puzzles são desafiadores e o game ainda traz novos tipos de itens, que se juntam a ferramentas clássicas como o boomerang.

No que diz respeito à história, temos mais uma complicada trama que envolve personagens amados, como Zelda e Link, em linhas temporais diferenciadas. O game é mais uma bela aventura no rico universo da franquia The Legend of Zelda.

Castlevania: Order of Ecclesia

Conforme eu já destaquei, o Nintendo DS abrigou uma poderosa trilogia de jogos da franquia Castlevania. Como já citei os outros dois (Dawn of Sorrow, de forma sucinta), nada mais justo do que apresentar Castlevania: Order of Ecclesia, considerado por muitos o melhor entre os três títulos lançados para o portátil da Nintendo.

De modo geral, Castlevania: Order of Ecclesia, lançado em 2008, segue a essência da franquia à risca. Isto é, o game mescla elementos de RPG, aventura e ação em cenários 2D muito bem desenhados.

A história de Castlevania: Order of Ecclesia se passa após os eventos do icônico Symphony of the Night. O game chamou a atenção da crítica, que destacou a dificuldade da aventura e a forma como a trama se desenvolve. Algumas pessoas chegaram a declarar: “talvez seja… o melhor Castlevania de todos os tempos”. O que você me diz disso?

Mario Kart DS

Estamos quase chegando na reta final desta lista com os melhores jogos de Nintendo DS e eu não poderia deixar de citar o épico Mario Kart DS. Lançado em 2005, o game, assim como todos os outros “Marios Kart”, foi um grande sucesso.

Apesar do modo single player um tanto quanto repetitivo, o título é um exemplo de como um jogo de corrida pode ser divertido. Com belos gráficos e uma jogabilidade estonteante, o jogo ainda exibe a poderosa nota 9,1 no Metacritic.

Como já é comum na franquia, Mario Kart DS apresenta uma boa série de modos de jogo, torneios interessantes e, claro, carros pilotados pelos personagens mais insanos do universo do encanador mais famoso do mundo. Qualquer corrida do jogo é sinônimo de diversão.

Radiant Historia

Neste post, eu falei muito sobre a grande quantidade de RPGs de qualidade que o Nintendo DS nos ofereceu e também sobre alguns games “underrated”. Nesse sentido, Radiant Historia surge como um dos RPGs que mais mereciam ser alçados ao posto de “melhor da história” (ou melhores, para ser mais justo).

O título da Atlus, que foi lançado em 2010, é um exemplo de trabalho artístico. O visual é impecável, as mecânicas são inteligentes, as batalhas são muito emocionantes, etc. No entanto, o que faz Radiant Historia ser genial é a forma como a temática de viagem no tempo é explorada.

Ao embarcar nessa aventura, você ganhar o poder de escrever a história (ou reescrevê-la, se algo der errado). Você pode tomar uma decisão e, simplesmente, se deparar com um dos muitos finais do jogo, mesmo com poucas horas de gameplay. Radiant Historia é um game brilhante e um dos meus favoritos entre os melhores jogos de Nintendo DS.

Melhores Jogos de Nintendo DS: você tem alguma indicação?

Chegamos ao fim da nossa lista com os Melhores Jogos de Nintendo DS. Como eu havia destacado, agora conto com a sua ajuda para “finalizar o serviço”. Portanto, fique à vontade para comentar e compartilhar este post nas redes sociais. Dessa forma, todos poderão contribuir para criar uma lista definitiva. Até mais…

Yohan Bravo