Mai Shiranui ficou fora de Super Smash Bros. por excesso de sensualidade

Super Smash Bros. Ultimate é considerado por muitos como o “maior crossover de todos os tempos”. E não, não é exagero… o game é marcado por colocar uma infinidade de personagens (de muitas franquias famosas) dentro de combates intensos. O game foi lançado em dezembro de 2018 e continua recebendo atualizações. Nesta quarta-feira (06 de novembro), foi a vez de Terry Bogard (da série Fatal Fury) fazer a sua estreia. No entanto, o anúncio da chegada do lutador trouxe uma informação bem inusitada…

No Twitter, Masahiro Sakurai, diretor do game, falou sobre a chegada de Terry Bogard, mas ressaltou a ausência da personagem Mai Shiranui. O curioso no relato do diretor foi a justificativa: “o game é para moças e rapazes bem comportados, de diversas idades. Assim, decidimos não adicioná-la”.

Obviamente, foi o excesso de sensualidade da personagem que acabou sendo decisivo em relação a sua presença em Super Smash Bros. Como todos sabem, Mai Shiranui tem curvas audaciosas e seus trajes escondem muito pouco. Bem, os players terão que se contentar com o Bogard.

Yohan Bravo