Jogos de Zumbi: 13 Apocalipses para Testar os seus Nervos

Jogos de Zumbi: 13 Apocalipses para Testar os seus Nervos

Em dado momento da última década, jogos de zumbi começaram a ser criados aos montes. Sim, a ideia de colocar os players “dentro de um apocalipse zumbi” passou a ser explorada de forma massiva. E isso, claro, gerou bons games e opções bem ruins.

Ainda assim, por mais que esse grande “boom dos apocalipses zumbi” tenha feito o tema ficar bem “batido”, é inegável que essa ideia tem muito apelo. Não à toa, quando voltamos a um passado distante, encontramos diversos títulos que colocam os mortos-vivos no centro das atenções.

Sendo assim, para separar o joio do trigo (expressão bíblica, pois estamos falando de apocalipses), resolvi criar uma lista com grandes jogos de zumbi que foram lançados nas mais diversas plataformas, em diversas épocas. Como irá perceber, as mecânicas desses jogos variam bastante, mas, em todos eles, as criaturas “comedoras de gente” marcam presença. Bora para a lista?

Project Zomboid

Para abrir esta lista cheia de grandes jogos de zumbi, escolhi um dos jogos que melhor representam a temática dos apocalipses zumbis: Project Zomboid. O título surgiu em 2013 e ainda está em Early Access, mas suas ideias são muito atrativas.

De modo geral, Project Zomboid pode ser considerado uma espécie de “versão gamer” do filme Zumbilândia. Digo isso, pois o game coloca os players no meio de cidades arrasadas pelos zumbis e apresenta passagens memoráveis.

Por se tratar de um jogo indie, Project Zomboid não conta com o visual mais realista. Contudo, a experiência é uma das mais brutais entre todos os jogos de zumbi que existem. Basta jogar por alguns minutos para se espantar com as hordas de mortos vivos que “saem do nada”.

Dead Nation

Dead Nation, que foi lançado originalmente para o PS3 (em 2010), é mais um game que nos dá uma visão ampla de como um apocalipse zumbi deve ser algo extremamente insano.

Sob uma perspectiva top-down, Dead Nation foca na matança de zumbis. O game pode ser classificado como um shoot ‘em up e dá aos players uma experiência mais voltada para o lado da ação.

Apesar de ter uma premissa básica bem óbvia (matar e matar zumbis), o game apresenta uma ambientação bem interessante e consegue criar um clima bastante envolvente e digno dos jogos de terror mais assustadores. Esse é aquele jogo indicado para quem deseja extravasar a raiva e causar a destruição.

Dying Light

Para quem busca uma experiência mais imersiva, Dying Light, de 2015, é um game capaz de proporcionar sensações incríveis. O jogo se passa em primeira pessoa e, embora seja dotado de muita ação, dá maior ênfase ao lado survival horror.

Dying Light também é um jogo que oferece uma ambientação magnífica, colocando os players no “clima do apocalipse”. Além disso, o game conta com uma dinâmica muito interessante: durante o dia, os players buscam por recursos para a sobrevivência. Durante a noite, eles lutam contra os zumbis.

Para completar o “pacote”, o jogo ainda conta com um belo enredo, que envolve a disseminação de um vírus, uma epidemia e uma grande quarentena. Falar sobre isso nesses tempos de coronavírus, pode parecer estranho e assustador, mas isso acaba tornando essa aventura ainda mais atrativa.

Dead Rising 4

Voltando às lutas mais intensas, temos o eletrizante Dead Rising 4. O game foi lançado em 2016 e conseguiu conquistar os fãs com seu gameplay movimentado e, em certas ocasiões, bem caótico.

Dead Rising 4 é apresentado sob uma perspectiva de terceira pessoa e exibe mecânicas típicas de jogos de ação e aventura. Por ter um mundo aberto pronto para ser explorado, não seria exagero algum dizer que o game é um tipo de GTA com zumbis.

Cabe ressaltar que Dead Rising 4 é marcado por oferecer zumbis diferentes. Isto é, quem está acostumado com jogos de zumbi convencionais, nos quais os mortos-vivos andam lentamente e ficam gemendo, pode ter surpresas indigestas com esse game.

Dead Island

Se lutar contra zumbis em cidades é complicado, tente imaginar como essa luta ficaria, se fosse transportada para uma ilha. Bem, é exatamente isso que Dead Island oferece: uma ilha recheada de zumbis.

Lançado em 2011, Dead Island conseguiu conquistar uma boa reputação com suas ideias singulares. O jogo exibe um cenário paradisíaco, cujas areias douradas acabam manchadas pelo sangue daqueles que não conseguiram sobreviver.

Logicamente, ao ingressar nessa aventura, os players devem estar preparados para lutar pelas próprias vidas, até que o resgate “dê as caras na ilha”. Como tudo se passa em primeira pessoa, a experiência é altamente imersiva. Grande jogo!

World War Z

Assim como acontece no livro e no filme, o World War Z na versão gamer é marcado por lutas contra hordas de zumbis. O jogo foi lançado em 2019 e conseguiu chamar atenção exatamente pela grande quantidade de zumbis em cena.

Com um visual muito bem construído e com mecânicas típicas de jogos de tiro em terceira pessoa, World War Z é uma opção bem intensa e desafiadora. Para você ter uma ideia, o jogo suporta até 1000 inimigos aparecendo ao mesmo tempo (isso é que é um apocalipse).

Para completar, o game ainda conta com classes de personagens, o que garante um gameplay diferenciado e abre margem para que o modo multiplayer ganhe elementos que favorecem ao máximo o trabalho em equipe.

Plants vs. Zombies

No ponto central desta lista com grandes jogos de zumbi, resolvi incluir Plants vs. Zombies, uma franquia que trouxe certa leveza para a tensa situação que a temática do apocalipse zumbi força os players a vivenciarem.

Sim, resolvi falar da franquia inteira, pois todos os Plants vs. Zombies oferecem uma ferrenha luta contra os zumbis. Como essa franquia conta com diversos títulos as estruturas têm algumas variações.

De modo geral, os jogos de Plants vs. Zombies colocam os players no controle de plantas. Essas plantas têm um arsenal de “armas” à disposição e fazem de tudo para impedir o avanço dos caricatos zumbis. Sem dúvidas, a diversão é garantida com esses games.

Left 4 Dead 2

Levando esta lista de jogos de zumbi para um “lado mais sério” novamente, temos Left 4 Dead 2. Esse título foi lançado em 2009 e pode ser considerado como um FPS com elementos de jogos multiplayer e survival horror.

Ao contrário do seu antecessor, Left 4 Dead 2 traz uma história mais bem desenvolvida. De certa forma, o game cria um “background” que torna a história dos quatro sobreviventes muito mais atrativa.

Como o game apresenta mecânicas típicas de jogos FPS, seu grande destaque é o alto nível de ação. Além do mais, o jogo também apresenta zumbis pouco convencionais, o que, certamente, deixa as coisas mais interessantes e desafiadoras.

The Walking Dead: A Telltale Games Series

Falemos agora de um game que se apresenta como uma versão da série que, muito provavelmente, foi a responsável pelo “boom” dos jogos de zumbi. The Walking Dead: A Telltale Games Series foi lançado em 2012, em 5 episódios memoráveis.

O game é baseado na HQ de Robert Kirkman, The Walking Dead. A obra também foi a inspiração da série de TV. Logo, não é preciso pensar muito para saber que The Walking Dead: A Telltale Games Series é uma opção de altíssima qualidade.

O game conta com um visual belíssimo (que remete ao icônico Borderlands) e oferece uma aventura impecável, que é apresentada sob uma perspectiva de terceira pessoa e conta com mecânicas de alta qualidade. Esse é aquele tipo de jogo que prende o player do início ao fim, com sua história empolgante.

State of Decay

Voltando a falar sobre franquias, State of Decay é um nome que não pode ficar de fora de qualquer lista de jogos de zumbi. O dois games da série, lançados em 2013 e 2018, são exemplos muito abrangentes do tema “apocalipse zumbi”.

Em ambos os jogos, temos uma mescla de jogos de sobrevivência, com ação, aventura e alguns elementos de jogos furtivos. Ademais, os jogos também colocam à prova outras habilidades, como a capacidade de gerenciar recursos e liderar pessoas.

Com toda a certeza, os jogos da franquia State of Decay são experiências que garantem fortes emoções. A luta pela sobrevivência é retratada de uma forma impecável nesses games… vale a pena conferir!

Days Gone

Days Gone é um jogo que divide opiniões até hoje. Antes de o título ser lançado, em 2019, suas ideias conseguiram criar certo hype. Todavia, após o lançamento, o jogo não causou o impacto que se esperava dele, mesmo sendo um bom game.

Days Gone é outro game que conta com zumbis que fogem à imagem convencional. Os zumbis do game evoluem de uma forma assustadora e sempre causam problemas para os players.

O jogo também conta com uma interessante dinâmica de dia e noite (algo semelhante ao que Dying Light oferece). Em suma, Days Gone é uma experiência mais voltada para o lado da simulação, com fortes elementos de jogos de ação e sobrevivência.

Super Ghouls ‘n Ghosts

Para provar que os jogos de zumbi já existem há um bom tempo, relembro aqui o clássico Super Ghouls ‘n Ghosts, de 1991. O jogo foi lançado originalmente para o Super Nintendo e, por mais que ofereça toda a sorte de tipos de inimigos, conta com muitos zumbis.

Na aventura, os players assumem o controle do cavaleiro Arthur, que deve fazer de tudo para salvar a princesa Prim-Prim. Toda a construção do game é feita em 2D e sua ação e grande dificuldade encantaram os jogadores mais veteranos.

No que diz respeito aos zumbis, Super Ghouls ‘n Ghosts os exibe saindo de caixões que “brotam” do meio da terra. E o que chama atenção é a grande quantidade… você mata, mata… e eles continuam vindo. Jogo maldito!

Resident Evil

Para fechar esta lista com grande jogos de zumbi, deixei aquela franquia que dispensa comentários, quando o assunto é retratar um apocalipse zumbi. Resident Evil teve seu primeiro título lançado em 1996 e ultimamente tem sido destaque por seus remakes incríveis.

Apesar de alguns jogos da franquia exibirem mecânicas distintas, todos eles contam com os mortos-vivos como a grande ameaça. A série principal, por motivos óbvios, é a mais famosa e aquela que ajudou a colocar Resident Evil na história dos games.

Graças a Resident Evil, os players tiveram a oportunidade de conhecer personagens icônicos, como Jill Valentine, Leon S. Kennedy, Claire Redfield e muitos outros. E sim esses personagens são exemplos, quando o assunto é superar hordas de zumbis famintos. Resumindo, Resident Evil é o ícone máximo dos jogos de zumbi.

Jogos de Zumbi: qual é o seu apocalipse favorito?

Como eu destaquei no início do texto, jogos de zumbi existem aos montes. Por conta disso, sei que a minha lista pode ter deixado o seu jogo favorito (desse tema) “de fora”.

Como são muitos jogos de zumbi, seria complicado lembrar de todos. Nesse caso, vou precisar da sua ajuda. Se puder, indique outros jogos de zumbi no campo dos comentários. Assim, poderemos completar as indicações e garantir que todos tenham acesso a mais alternativas. Até mais!

TagsListas
Yohan Bravo