Jogos de Terror mais Assustadores: o desafio das noites escuras!

Quando uma pessoa me diz que não se assusta jogando vídeo game, eu logo a desafio a pegar um dos jogos de terror mais assustadores e fazer a experiência em um ambiente escuro, à noite, sem qualquer pessoa por perto.

Sim! É nesses momentos que a nossa percepção sofre alterações. É quando a imersão com os jogos alcança o nível máximo. É quando um simples movimento inesperado nos faz pular da cadeira…

E não é uma questão de medo… não há motivos para se envergonhar por tomar alguns sustos com os jogos de terror mais assustadores, acontece… basta assistir a algumas das lives da GamesMAX para ver nosso amigo Kevin ficando louco ao se deparar com o Nemesis chegando “no pinote”, como ele diz.

Enfim, neste post, vou estender o desafio até você. Isto é, separei aqui uma lista com alguns dos jogos de terror mais assustadores. Daí, tudo que você deverá fazer é jogá-los, durante uma noite silenciosa e escura. Se quiser gravar a sua jogatina e compartilhar com a gente, é só marcar a GamesMAX nas redes sociais, beleza?

Jogos de terror mais assustadores: como foi feita a seleção…

Apenas para deixar claros os meus critérios, vou informar como foi feita a seleção dos jogos de terror mais assustadores que irão figurar nesta lista.

Bem… eu usei as minhas próprias experiências, avaliei os reviews e as opiniões dos gamers (essa pesquisa deu trabalho hein) e também busquei pelos títulos que apresentavam mais comentários do tipo: “o clima do jogo é cheio de tensão”, “a atmosfera é aterrorizante”, “tomei alguns sustos”, “deu para sentir medo”, etc.

Resumindo, a lista foi criada com base nas opiniões de muitos players (incluindo a minha). Por isso, os jogos abordam o terror de formas diferentes, trabalhando o medo com sustos pontuais, com um clima tenso, com certa pressão psicológica e muito mais. Então, é bom você se preparar muito bem para o desafio… vamos começar?

Palmyra Orphanage

Abrindo o desafio dos jogos de terror mais assustadores, temos Palmyra Orphanage. O game foi lançado há pouco tempo e me chamou atenção desde o início, por conta da premissa e pelo preço baixo. Na Steam, o jogo está saindo (na data em que este post foi escrito) por menos de quinze reais.

O jogo se passa em um assustador orfanato em algum lugar da antiga União Soviética e tudo começa quando o protagonista vai até o local (no qual ele cresceu) para procurar por pistas do paradeiro do irmão.

No entanto, assim que colocamos os pés no local, o orfanato se mostra extremamente ameaçador. Os corredores apertados dão uma sensação claustrofóbica e o game é cheio daqueles momentos de susto. Curioso, todos sabem como os sustos funcionam, mas ainda assim eles funcionam, não é mesmo?

Resumindo, o game é uma excelente opção, tanto pela história quanto pelo clima cheio de tensão. Sem dúvidas, um título que pode ser classificado como muito assustador.

Amnesia: The Dark Descent

O desafio dos jogos de terror mais assustadores pode levar você a ter muitos pesadelos. Curiosamente, o game Amnesia: The Dark Descent é exatamente uma trama que se passa dentro de um pesadelo. Isso mesmo! Boa parte do jogo se passa dentro de uma mente “bagunçada” e prova que os lugares mais aterrorizantes são as mentes humanas.

O jogo conta a história de Daniel, um homem que acorda em um castelo abandonado, sem qualquer memória. O cara está #perdidaço. E o ambiente do castelo não é nada acolhedor.

Todavia, o que deixa tudo bem complicado é o fato de que você, o player, também deve mergulhar para dentro da mente do cara. E essa dinâmica de real e irreal, faz os seus nervos ficarem em frangalhos.

A imersão em Amnesia: The Dark Descent é o ponto alto… em determinados momentos, você se vê envolvido na trama e até fica um pouco louco (rs)… ou seja, o desafio pode ficar bem “embaçado” com esse jogo. Vai escolher essa opção?

Layers of Fear

Indo para uma linha mais psicológica, psicodélica e um tanto quanto confusa, chamo para esta lista o excêntrico Layers of Fear. Nessa aventura, você acaba compartilhando um pouco da loucura do protagonista. Jogar o game de forma solitária em um ambiente escuro é algo insano.

Em Layers of Fear, o player assume o papel de um pintor que vai até uma mansão belíssima, apenas para obter a inspiração para pintar a sua obra-prima. Obviamente, ao chegar na dita mansão, as coisas vão ficando caóticas, pois a loucura do protagonista atinge níveis alarmantes.

Visões, distorções da realidade, memórias de um passado trágico. Mais uma vez, é a mente humana que se mostra como a armadilha mais perigosa. O terror psicológico do game é mais suave, mas ele é sensível.

Pode ser que esse jogo não faça você dar pulos, mas é possível que ele mexa com o seu estado de espírito… vai arriscar?

Resident Evil

Chegou a hora de levarmos o desafio dos jogos de terror mais assustadores para um ambiente mais clássico. Nesse caso, não vou me prender a um título específico da série Resident Evil. Por esse motivo, sugiro que procure por aquele jogo (da franquia) que você ainda não experimentou, ok?

Como você já deve saber, Resident Evil é um dos precursores do gênero survival horror e sua história é marcada por muitos zumbis e maquinações de uma empresa cheia de membros de caráter duvidoso.

Por ter uma longa lista de títulos, a franquia apresenta “pegadas” bem diferentes. Em alguns títulos, o clima é mais aterrorizante. Em outros, as coisas ficam mais voltadas para a ação. Contudo, em todos os games, há aqueles momentos em que surpresas indesejadas fazem o coração acelerar.

Você pode até dizer que a franquia Resident Evil não chega a ter os jogos de terror mais assustadores. E eu concordo, até certo ponto. Os games da série têm grande importância no gênero e o clima de tensão ainda é capaz de mexer com os nossos nervos.

Blair Witch

Blair Witch é mais um game que foi lançado recentemente e que marcou presença em nossas primeiras lives no Facebook. Como o nome sugere, o jogo guarda relação com o filme A Bruxa de Blair, lançado em 1999.

Na trama, temos um policial aposentado que se junta a um grupo de busca a fim de encontrar um garoto que se perdeu na floresta Black Hills. Seguindo o clima do filme, o game é marcado por uma constante sensação de desespero, especialmente nos momentos em que a escuridão toma conta da tela.

Blair Witch não é um game muito longo, o que pode ser interessante para você superar o desafio em uma única noite caótica. Ainda assim, é bom ficar em estado de alerta, há situação que podem roubar a sua calma.

Detalhe: o cachorro Bullet é um dos pontos altos do jogo e sua função vai muito além de farejar. #ficaadica!

Fatal Frame

Ok… chegou a hora de pegar pesado, por isso eu resolvi incluir aqui uma opção que foi retirada do meu próprio histórico como gamer. Fatal Frame é uma franquia cult, que mostra o quanto os japoneses são bons em criar situações aterrorizantes.

De modo geral, os games da série envolvem uma série de superstições, fantasmas, espíritos do mal e outras criaturas fantasiosas. As situações nas quais os games colocam os players são extremas e todo o terror é trabalhado de uma forma fria, prejudicando os nervos aos poucos (com requintes de crueldade).

O destaque, em todos os jogos, é a ambientação. Nesse sentido, as aventuras garantem uma imersão incrível, consumindo as mentes dos players e fazendo-os se envolver com as histórias. De certa forma, você acaba entrando no dilema que marca qualquer superstição: acreditar ou não acreditar?

Meu destaque na franquia é Fatal Frame: Crimson Butterfly, mas você pode escolher qualquer um dos cinco games para passar pelo desafio.

Silent Hill

E já que citei uma franquia poderosa, nada melhor do que citar outra. Nesse caso, temos que concordar que poucas franquias são tão aterrorizantes quanto Silent Hill. Aliás, até mesmo o “jogo fantasma”, Silent Hills (P.T.), conseguiu deixar suas marcas.

Em linhas gerais, Silent Hill é uma franquia inspirada em filmes, livros e séries de horror, além de questões filosóficas e parapsicológicas. Os games sempre acabam focando no poder da mente humana e são marcados por apresentar uma atmosfera aterrorizante, que exerce enorme pressão psicológica. (Até hoje eu me lembro do quanto eu odiava correr por toda aquela neblina do primeiro jogo).

O mais interessante em Silent Hill é o fato de os desfechos das histórias sempre serem surpreendentes. E esse foi um dos principais motivos que levaram a franquia a ser amada, mesmo que, ao jogar, o clima maligno nos faça odiar os jogos.

Qualquer título da franquia Silent Hill é obrigatório em uma lista de jogos de terror. Não à toa, esse é um dos nomes que mais figuram nas listas de desejos dos players.

COLINA: Legacy

Como eu despertei a lendária franquia Silent Hill, acho justo incluir, logo na sequência, um jogo inspirado nela. Pois é! COLINA: Legacy é um jogo que está baratinho na Steam e foi produzido por brasileiros.

Nesse título, temos a história do jovem Alex, que acorda na casa da avó, sem qualquer vestígio das pessoas que deveriam estar por perto. Com o passar do tempo as coisas vão ficando cada vez mais caóticas, com situações aterrorizantes e surpreendentes acontecendo em momentos inesperados.

O jogo é dotado de um clima sombrio e cheio de tensão. O terror psicológico é trabalhado de uma forma inteligente, prejudicando nosso raciocínio durante a resolução dos puzzles que marcam a aventura.

Por seus mistérios, seu visual e seu clima “pesado”, COLINA: Legacy é mais uma opção interessante para você usar no desafio!

Wick

Falemos agora de um game que já tem alguns anos, mas é pouco conhecido, embora os players que o jogaram tenham alegado que o terror é intenso. Wick (não é o John Wick) é um game indie no qual histórias de fantasmas se misturam com a realidade de uma forma muito intrigante.

De uma maneira bem resumida, Wick foca na investigação de uma lenda urbana. Essa lenda gira em torno de relatos de crianças que sumiram em uma floresta há algum tempo, mas ainda têm sido vistas, perambulando como almas penadas.

Além da trama, que deixa o player completamente envolvido, o jogo dá a você apenas a luz de uma vela para guiá-lo pela floresta escura. Muita gente diz que Wick é um game para poucos. E não é exagero algum.

Sendo assim, pode ser que esse seja um dos jogos de terror mais assustadores desta lista. Se você optar por enfrentar o desafio no nível hard, Wick pode ser a alternativa ideal… vai encarar?

SOMA

O desafio dos jogos de terror mais assustadores “esbarra” agora em um game que coleciona reviews “extremamente positivos” na Steam. Mesmo com uma “pegada” sci-fi bem diferenciada, SOMA cumpre o papel de bagunçar a mente do player de uma forma impecável.

O game, que é uma produção dos mesmos criadores de Amnesia: The Dark Descent (que já apareceu nesta lista), apresenta uma história intrigante, que mexe com assuntos relacionados à mente humana, conflitos existenciais, consciência e muito mais.

Durante todo o jogo, o player é exposto a um ambiente que exerce enorme pressão psicológica. Tudo acontece em uma instalação subaquática tomada por máquinas que passaram a acreditar que são pessoas. As situações envolvem a precariedade de recursos, perigos inimagináveis, humanos corrompidos e uma inteligência artificial lunática.

SOMA é mais um título muito bom para quem deseja superar o desafio no nível hard. Prepare-se para sofrer… de muitas formas diferentes.

Visage

Muita gente diz que Visage é um game completamente inspirado em P.T. Silent Hills… e há certa verdade nesse tipo de comentário. Por conta disso, é mais do que justo incluir essa opção no desafio dos jogos de terror mais assustadores.

Visage é um jogo de terror psicológico que apresenta uma visão em primeira pessoa. O foco do jogo é na exploração de uma casa misteriosa na qual coisas terríveis já aconteceram. O clima de tensão vai evoluindo gradativamente e a história vai se revelando aos poucos, de uma forma surpreendente.

O game é mais um daqueles que apostam em pequenos detalhes para ir prejudicando os nervos dos jogadores aos poucos. No fim, todos os elementos acabam contribuindo para que a experiência seja extremamente imersiva e aterradora.

Cabe lembrar que Visage ainda está em Early Access e que há cenas chocantes. Além do mais, o game não é indicado para pessoas suscetíveis a ataques epiléticos… tome muito cuidado ao embarcar nessa experiência perturbadora.

Outlast

Até o momento, a franquia Outlast conta com dois belos títulos e a promessa de um terceiro game. Isto é, o terror intenso vai continuar. Essa franquia é mais uma que coleciona reviews “Extremamente Positivos” e análises do tipo: “um dos jogos mais assustadores que já joguei”.

Nos jogos, os jogadores assumem o papel de um jornalista que resolve investigar locais um tanto quanto assustadores. Assim, armados com nada além de uma câmera e uma dose mínima de coragem, os jogadores devem enfrentar os perigos de tramas perturbadoras.

O visual do game é um dos pontos altos e faz toda a experiência de imersão se tornar incrível. Em outras palavras, a atmosfera é tão pesada que o medo fica palpável. E o pior é quando descobrimos que os eventos dos games foram inspirados em situações que aconteceram de verdade.

Em suma, a franquia Outlast é um combo de terror inenarrável. Superar esse desafio e manter a calma em todos os momentos é uma tarefa que, na minha visão, é impossível de ser realizada. Será que você consegue?

The Evil Within

Para fechar esta lista de opções para o desafio dos jogos de terror mais assustadores, ofereço a você uma valiosa dica: se tiver a chance de experimentar os dois jogos da franquia The Evil Within, faça isso! Os games são obras-primas, dentro do gênero survival horror.

Os dois games agem de forma complementar, com o primeiro focando na aventura traumatizante do protagonista em um sanatório e o segundo, em sua busca pela filha que, aparentemente, estava morta. Logicamente, essa é uma explicação simplificada dos games. Afinal, o enredo é extremamente envolvente.

No que diz respeito ao clima de terror, tive piores impressões (em jogos de terror, pior é melhor) com o primeiro game. Ainda assim, The Evil Within 2 tem um clima pesado, com um terror mais sofisticado, digamos assim.

De qualquer forma, esses são games que irão servir perfeitamente para o desafio dos jogos de terror. Apague as luzes e deixe-se levar… só tome o cuidado para não se perder na jornada.

Que comece o desafio dos Jogos de Terror mais Assustadores!

Chegamos ao fim da lista. Conforme pôde notar, os títulos são bem desafiadores e prometem ser boas companhias (fui sarcástico) em uma noite escura. Não se esqueça de registrar as suas reações ao longo da jogatina e nos mostrar nos comentários logo abaixo do link deste post no Facebook.

E, claro, não se esqueça de marcar os amigos e desafiá-los também. Se quiser usar outro game de terror para testar os seus nervos, lembre-se de citar o nome dele para que todos possam conhecer. É isso, que comece agora o desafio dos jogos de terror mais assustadores, na calada da noite. Bons sonhos!

Yohan Bravo