Estudo revela que jogar vídeo game mantém o cérebro de idosos mais jovem

Há alguns anos, nossos avós diriam que jogar vídeo game é coisa de “gente nova”. Eles iriam torcer o nariz e dizer “não posso ficar perdendo tempo com joguinhos”. No entanto, hoje as coisas são diferentes… O número de jogadores da “terceira idade” já aumentou bastante. E mais, um novo estudo acaba de comprovar que os games ajudam a mente a manter-se mais jovem.

Em um esforço conjunto de pesquisadores da Austrália e dos Estados Unidos, o estudo selecionou pessoas de diversas faixas etárias que jogaram o game Ebb and Flow, da plataforma online Lumosity. No fim, o que ficou constatado é que os idosos que se dedicaram à jogatina apresentaram uma atividade cerebral igual ou superior aos jovens que não jogavam muito.

A pesquisa concluiu que os jogadores da “terceira idade” se esforçaram para superar os desafios do game e isso aumentou suas atividades cerebrais. Isto é, jogar games pode ser uma forma interessante de manter a saúde cerebral por mais tempo. Resumindo, “que os jogos comecem”… e não se acabem nunca!

Fonte: RevistaGalileu

Yohan Bravo