Categories: DestaquesListas

Clube da Luta: 12 Personagens Mais “Apelões” dos Jogos de Luta

No filme Clube da Luta, de 1999, Brad Pitt e Edward Norton criaram um clube no qual o “pau comia”. As brigas eram intensas e a violência chegou a incomodar alguns críticos. Ainda assim, o filme se tornou um clássico cult e me deu uma ideia audaciosa…

Veja bem: no mundo dos games, temos uma grande quantidade de jogos de luta, não é mesmo? Sabendo disso, eu pergunto: quais personagens desses jogos poderiam entrar no Clube de Luta? Obviamente, o requisito é “ser cascudo”, ou melhor, ser “apelão”…

Para criar o meu Clube da Luta, resolvi separar uma lista com os 12 personagens mais “apelões” dos jogos de luta. Como irá perceber, só selecionei “os(as) brutos(as)”. Vamos dar uma olhada nesse time violento?

Rugal Bernstein (The King of Fighters)

Dentre todos os personagens “apelões” dos jogos de luta, Rugal Bernstein é, muito provavelmente, a escolha mais óbvia quando falamos em apelação. Sua estreia aconteceu logo no primeiro torneio da franquia The King of Fighters (KOF ‘94).

Segundo os criadores de Rugal, o conceito que norteou a criação do personagem foi: “criar o chefão mais poderoso (mais violento) e mais malvado de todos os tempos”. Rugal é tão “apelão” que segue a regra “Apenas Dois” (do Clube da Luta) à risca, mesmo em um game marcado por lutas entre trios.

Dural  (Virtua Fighter)

Embora a franquia Virtua Fighter, criada por Yu Suzuki (criador de Shenmue), não seja uma das mais badaladas entre os jogos de luta, Dural é uma “pedra no sapato” para todos os players que chegaram a experimentar algum jogo da série publicada pela SEGA.

Antes de ser transformada em um ser tecnológico brutal, Dural era uma mulher humana chamada Tsukikage. Na verdade, ela era uma Kunoichi (ninja do sexo feminino). Isto é, a personagem já era bem “apelona” antes de virar uma máquina de golpes.

Eyedol (Killer Instinct)

Falemos agora de um personagem brutal que chamou atenção como o primeiro grande chefão da franquia Killer Instinct: Eyedol. Curiosamente, podemos dizer que Killer Instinct foi um verdadeiro Clube da Luta, cujos combates eram televisionados pela Ultratech (uma megacorporação maligna).

Enfim, Eyedol é tão “apelão” que os players não o enfrentam nos níveis de dificuldade mais baixos do jogo. Com suas duas cabeças e sua grande força bruta, o personagem é o último chefe do Clube da Luta organizado pela Ultratech. Assustador!

Gaoh (Samurai Shodown)

Samurai Shodown é, certamente, uma das franquias mais desafiadoras entre os jogos de luta. Seus combates sempre foram bem complicados e, muitas vezes, falhas nos jogos deixavam as coisas ainda mais difíceis para os players. De qualquer forma, Gaoh, o chefe final de Samurai Shodown V, é uma ameaça!

Com sua lança de formato peculiar, Gaoh mantém os adversários à distância e não para de executar seus múltiplos ataques. E pior, quando sua “barra POW” fica cheia, ele se transforma em um demônio com armadura. O personagem é uma síntese de tudo que um chefão deve possuir.

Gill (Street Fighter)

Gill é um personagem que surgiu no game Street Fighter III, de 1997, como o grande chefão. O lutador desperta atenção por sua aparência curiosa, com seu corpo de duas cores, e por seus poderes quase divinos.

Gill possui uma técnica chamada “Ressurreição”, que permite que sua barra de energia seja recuperada assim que ele é derrotado pela primeira vez. Logo, não preciso falar muito sobre a dificuldade que é enfrentar esse “carinha” tão “apelão”, preciso?

Algol (SoulCalibur)

A franquia SoulCalibur é a minha favorita, quando falamos em jogos de luta. Sendo assim, como player assíduo, posso dizer que os jogos da série não tiveram um grande antagonista até a chegada de Algol, em SoulCalibur IV. Para você ter uma ideia, o “cara” usou a Soul Edge sem ser possuído por ela.

De acordo com a história da série, Algol é o verdadeiro criador da SoulCalibur e foi uma vez chamado de “O Grande Rei Herói”. Segundo Hideo Yoshie, principal designer de personagens da franquia, Algol é um personagem que prova, de forma óbvia, que é o personagem mais forte da franquia.

Shao Kahn (Mortal Kombat)

Chegamos ao início da segunda metade desta lista de personagens “apelões” dos jogos de luta e escolhi o icônico Shao Kahn para essa posição de destaque. O maligno imperador estreou na franquia da NetherRealm em Mortal Kombat II, de 1993, e se tornou um antagonista recorrente.

Shao Kahn é um dos vilões mais famosos do mundo dos games e uma força a ser reconhecida. Portando um martelo intimidador (ou “sexta-feira” destruidora) e fazendo uso de magia negra, o imperador é uma adição de peso a qualquer Clube da Luta.

Azazel (Tekken)

Para você ter uma ideia do quanto o personagem Azazel, de Tekken 6, é complicado, basta digitar o termo “Azazel Tekken” no Google, para ver alguns links com perguntas do tipo: “como eu venço o Azazel?”. Pois é! O demônio é esse tipo de personagem.

Segundo as poucas informações existentes acerca do personagem, podemos dizer que Azazel é uma personificação do mal, um poder que só é liberado após o “choque” de duas estrelas do mal (Jim e Kazuya). Dizem que escolher personagens ágeis pode fazer a luta contra ele ficar um pouco menos difícil. #ficaadica.

Onslaught (Marvel vs. Capcom)

Aumentando a proporção da apelação, temos o terrível Onslaught. O personagem é o grande chefão final do game Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes (1998) e um dos chefões “que pegam a tela toda”, algo que foi muito comum em jogos de luta em determinada época.

Na primeira fase da luta contra o chefão, Onslaught exibe técnicas muito semelhantes às do personagem Magneto. Todavia, assim que é derrotado pela primeira vez, o personagem retorna em uma forma gigante, com novas habilidades. Onslaught é considerado por muitos como um dos chefes mais difíceis dos jogos de luta.

Geese Howard (Fatal Fury)

Temos aqui mais um personagem de um jogo da SNK… Geese Howard fez sua estreia no game Fatal Fury: The King of Fighters, lançado em 1991. Como grande antagonista do game, Geese exibe golpes violentos e uma força sobrenatural.

Na história de Fatal Fury, Geese é o grande assassino do pai dos irmãos Terry e Andy Bogard e o alvo da vingança desses personagens. O vilão é tão marcante que fez “participações especiais” em outros games, como Art of Fighting, Tekken 7, The King of Fighters e Super Smash Bros. Ultimate (às vezes lutando, às vezes, como “figurante”).

I-No (Guilty Gear)

Provando que as mulheres também podem dar uma surra nos homens do Clube da Luta, temos I-No, personagem que estreou em Guilty Gear XX, terceiro game da franquia, que foi lançado no ano de 2002.

Apesar de ser a chefe do game, I-No está à disposição dos players desde o início. Entretanto, sua “versão chefe” é mais aterrorizante. I-No é uma sadista manipuladora que parece agir sem qualquer vestígio de consciência. E, claro, essas características a transformam em uma vilã espetacular.

Princess Sissy (Power Instinct)

Para fechar o “line-up” do meu Clube da Luta, selecionei a curiosa Princess Sissy, que surge como a chefe final do game Power Instinct Matrimelee. Apesar de ser uma pequena garotinha e parecer ser muito doce, a Sissy é uma máquina de golpes.

O corpo frágil e a aparência de “boazinha” acabam levando os players a subestimarem o poder da lutadora. Daí, quando eles percebem que a Chefe Final não está para brincadeira, já é tarde. Uma bela sacada da franquia.

Esse foi o meu Clube da Luta de “Apelões”: qual é o seu?

Para encerrar, ressalto que montei o meu Clube da Luta selecionando um personagem de cada franquia que já experimentei. Obviamente, sei que deixei personagens “apelões” de fora, como o Cyber Akuma, a dupla Goenitz e Igniz (de KOF) e muitos outros.

E essa é uma prova de que os jogos de luta possuem muitos personagens “apelões”… tantos personagens, que vou precisar da sua ajuda para deixar a lista mais completa. Então, finalizo este post com um pedido: compartilhe o post e comente, indicando os personagens que poderiam fazer parte do “SEU Clube da Luta com personagens ‘Apelões'”… conto com você! Até a próxima…

Advertisement
Yohan Bravo

Gamer desde a era do Super Nintendo. Soprava as fitas para fazê-las funcionar! Teresopolitano, escritor fantasma, desenhista e romancista nas horas vagas. Curte animes, jogos de RPG (ama a série Tales of) e é viciado em aprender.

Tags: Listas

Notícias recentes

Watch Dogs 2 está de graça na loja da Epic

De hoje (17) até o dia 24 de setembro, mais três ótimos jogos estão disponíveis…

1 semana atrás

Prince of Persia: The Sands of Time Remake é revelado oficialmente

Ele está de volta! Após 10 anos sem aparecer em jogos principais, a Ubisoft anuncia…

2 semanas atrás

PS5 pode ser lançado em 19 de novembro

Com a Microsoft tendo finalmente revelado os preços e detalhes de lançamento do Xbox Series…

2 semanas atrás

Confira o trailer de Call of Duty: Black Ops Cold War

Call of Duty: Black Ops Cold War acaba de ganhar o trailer de revelação que…

4 semanas atrás

Bolsonaro utiliza tema de Super Mario, Sonic e Alex Kidd em propaganda política

2020 está cada vez mais estranho e, como se a pandemia da COVID-19 não bastasse,…

1 mês atrás

Rumor: novo Perfect Dark é o projeto da The Initiative

A The Initiative é um novo estúdio construído pela Xbox Game Studios para trabalhar em…

1 mês atrás